Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

FLORES DA VIDA
Embora soubesse eu escolher as estrelas
Que brilham para meus versos
E ter as palavras colhidas dos cachos dos sonhos

A verdadeira brilhante frase que funciona
É a clareza da manhã que desponta no horizonte
Tal qual verso de Deus que renova todas as coisas

Embora soubesse eu de muitas coisas que não sabia
E ainda aquelas que eu venha a saber sem saber
Existe a nota que sempre ressoa
Quando o coração se vê mais a frente e se põe a falar

É assim que se traduz a diferença de ir e vir
No espetáculo dos semelhantes de Deus
Como os pés que marcam o chão do mundo

Embora soubesse eu contar histórias sobre o mundo
A todo o momento que as conto mudo as cores de fundo
De modo que se soubesse eu relatar o mundo inteiro

Haveria falta de canteiros para as flores da minha vida
Udo
Enviado por Udo em 14/05/2008
Alterado em 14/05/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Marcelo Udo - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/udo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários