Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Aprendi a fazer versos com a poeta dourada, ouvindo/vendo outra obra. Este vídeo é uma linda canção siciliana chamada Brucia la terra: https://youtu.be/YBZz2GwscNw

O FADO DE UMA UVA

Canta forte a melodia
por você, dentro de mim,
doçura esta, dia a dia,
na procura do seu sim...

E estou de ponta-cabeça,
servindo de sustentáculo,
fechando um quebra-cabeça
como presa de tentáculo.

Seu sorriso é um diamante,
que me põe enamorado.
Sinto-me decerto infante
deste seu mundo, o meu fado.

E assim mesmo na lonjura,
desejo o sim, mais que mais,
nos meus dias será a jura
de tê-la no cor demais.

Com o licor da cevada
e esta lembrança dos versos,
ponho-me a escrever, amada,
consigo em seus universos.

E se for mesmo difícil
a história toda mudar,
eu serei de fato o míssil
numa rocha espatifar.

Virarei talvez a chuva
no seu rosto então molhar
do chão ao caule até uma uva
em sua boca adoçar.

E assim mesmo na lonjura,
desejo o sim, mais que mais,
nos meus dias será a jura
de tê-la no cor demais.
Udo
Enviado por Udo em 09/04/2016
Alterado em 09/04/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://www.udo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários