Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Contigo no vôo do tempo

No acaso no vôo do tempo
Enfim me vou em ti rezando
No lugar de um contratempo
ali me pego em ti amando.

Num Cor que vê mil estrelas
É ele que pode voar,
Nele mesmo nas janelas
e uma alma a se parear.

Tudo isso já me é letal
Uma bruta condição
De viver pelo fatal
Ou perder o coração.

Fico aqui mirando o vento
e as pessoas caminhando.
Cada qual co' o sentimento
E as vidas se procurando.

De manhã em ti não me nego
amarrado por vontade
e reduzindo o meu ego
sinto a força que me invade.

E contigo mesmo tarde,
eu crio o plano de ação
Porque o doce amor, ele arde
em inventos de paixão.
Udo
Enviado por Udo em 25/03/2016
Alterado em 25/03/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://www.udo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários