Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


ESTES DIAS DELIRANTES

P'ra muitas coisas há o tempo.
P'ra outras, há a escolha certa.
O que vem como antetempo
duramente nos aperta.

 
Não perca a visão da graça
sobre aquilo que toca a alma.
Sequer deixe que desfaça
este sonho que o acalma.

Esta vida é serenata,
de coisas anjos ao céu.
Daí, aparece a sonata
em teu beijo como mel.

Como posso te esquecer,
beleza esta fulgurante,
o amor busca no beber
O merlot de sua estante?

Tinge de púrpura o lábio
e o beijo faz-se potente.
Inocente, nada sábio,
de face à paixão latente.

Assim verso minha história
com este jogo de dados.
Há tropeço como Glória,
nestes dias encantados.
Udo
Enviado por Udo em 13/02/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://www.udo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários