Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Poema da Casa do Lago

Esta caixa de correio
Não mais pode levantar.
Sequer de ti algo me veio
Como algo de ti a falar.

Será que terei a sorte
De avisar-me do perigo
Para que não haja a morte
E eu possa estar sim, contigo?

Estou aqui bem no tempo,
Cheio de vento e garoa.
Neste rude passatempo,
Num querer-te que atordoa.
Udo
Enviado por Udo em 11/02/2016
Alterado em 11/02/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://www.udo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários