Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

ROSAS DE JANELAS
Meus olhos, fortes fogos,
Translumbram todas as manhãs,
Minha boca que louca beija
Lábios com todos os batons.

Minhas mãos, mãos no peito,
Acariciando meu leito e meu coração,
E uma flor de beleza rica
Compõe e revela minha emoção.

São dos teus mais lindos teus,
Que venhas e fujas
Esconde e fica...
Fica comigo e contigo num beijo que efetiva.

De brilhos vivos, sentidos ou não,
Mas eu, eu posso sentir tua cintilação.
E de tua boca, linda e moça,
Pintada de caqui, preciso te sentir.

E que de teu jogo, bonito, de corpo,
Aquele contorno é só teu,
E teu "era" nunca já "era",
Ficará contigo, belíssimo, como rosas de janela.
Udo
Enviado por Udo em 17/04/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Marcelo Udo - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/udo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários