Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO DO ESCUDO APOLOGÉTICO

O que marca uma vida, a inflexão,
a mudança de rumo, nova tática,
novo agir, fato e fé, pura dogmática,
detergentes no próprio coração.

Pois me disse o poeta com didática:
"Amar se aprende amando"*, meu brasão,
que me guia tal fosse um corrimão,
solução para cada problemática.

De uma vida, inflexões cheias, o mal,
que aparece singelo quase e cético,
destroçando o real pelo irreal.

Mas Deus Vult no verso catequético,
construindo nest' alma a Catedral,
novo escudo de luz apologético!


[*] Carlos Drummond de Andrade
Udo
Enviado por Udo em 19/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários