Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO AO CONSTRUTOR DE PONTES - JOÃO DE DEUS

No entender da pobreza que ilumina,
tão somente naquela mesma Luz,
pão da vida, que a tudo ele faz jus
como merecedor de imensa Mina.

Ele ergueu no mais alto cume a Cruz!
Luminoso mistério que combina
neste terço que nunca desafina
e é noss' arma que em rosas se traduz.

Na cozinha de minha vó, o retrato
deste João de Deus ganhar-nos-ia,
grandioso na fé, nada abstrato.

Lutou contra o vermelho tão barato
das coisas que possuem arritmia,
o construtor de pontes, grande Beato.
Udo
Enviado por Udo em 17/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários