Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO DO AMOR PARTÍCIPE E CONSORTE

E abrange meu cordão, abraço forte,
cardíaco e letal em doce imagem,
que me será partícipe na aragem,
mesmo rumo, uma só ida consorte.

E abraça meu colchão, falta coragem,
pois você bem lá fora é como a morte,
mas igual a você em mim, um transporte,
de um quê todo de menos carceragem.

Parte e cinge no sangue que nos une,
num amor caravela em oceanos
de triunfantes sonhos, nada os pune.

Nós, humanos sinceros, nos enganos,
que eternos não desunem mas imune
um mesmo amor se cura contra danos.
Udo
Enviado por Udo em 09/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários