Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO DO VERSO QUE PROCURA O POETA

E certa vez me tinha procurado,
tocava o deslizante e duro verso
fundo n'alma co' efeito truz, diverso,
e querendo me ter, fiquei calado.

A busca é bem assim: engaiolado!
de tal jeito que quase pronto e imerso,
afogado nas letras, o universo,
ele inteiro, sabia de meu fado.

Este andar e envolver-se no tamanho
destas coisas que valem muito a pena,
co' acordes de coragem me amontanho.

E fui no rastro dele ter o ganho.
Daí, uma cortina fez a cena
com versos todos prontos, mas que estranho!
Udo
Enviado por Udo em 06/07/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários