Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Reflexão sobre o Pelagianismo:https://www.youtube.com/watch?v=wnztTfKkEi0

SONETO SOBRE O PELAGIANISMO

Das desordens que afligem a noss'alma
são próprias porque somos sim argila.
Pois mantem compaixão de ti e asila
tua incapacidade de fé e calma.

Abre-te a conceber nossa semialma
porque é a Graça que age e apostila
com Virtudes e, dentro, nos rutila
p'ra que o Belo se faça numa palma.

Tem contigo: o Laiscismo traz loucura
porque nos faz perder as três moradas¹
e agiremos pro danos e sem cura.

"Sine me nihil potestis²..." - São ciladas...
E crer nelas será falsa candura
levando-te a fazer ações falseadas.


(1) 1ª Morada é o olho, a 2ª morada é a Luz e a 3ª, o fazer das coisas ordenadamente. 
(2) Sem mim nada podeis
Udo
Enviado por Udo em 28/04/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários