Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO DO PARTIR DESTE VALE DE LÁGRIMAS

Somos de Eva seus filhos exilados
neste vale de lágrimas, ansiosos
e por mais luzes, todos andrajosos,
e pedintes submersos nestes prados.

Santa Maria, estamos tão blindados
no exército de Luz, muito engenhosos,
neste mundo protelam enganosos
p'ra o servir deste mal e seus aliados.

Fulgura do desterro o sentimento
de por nós e conosco a corrigenda
na infalibilidade deste unguento.

Pois a fé que perfila esta comenda
tanto no coração, vivo memento,
tal antiga esperança a nós surpreenda.
Udo
Enviado por Udo em 31/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários