Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO A SÃO JOÃO BATISTA

De Elisabeth e dele, Zacarias,
um céu no ventre dela, que momento!
Desde o anjo Gabriel, do Céu o intento
de reparar das almas anemias.

Trazer gente comum naqueles dias
e diante de Deus, magno alento.
Mas primeiro deixar glorioso evento
de no útero sentir as harmonias.

Depois mais tarde, Aquele que viria,
conforme anúncio a tantos, um Presente,
nas águas por João batizá-lo-ia,

columba do céu nEle desceria.
João, maravilhado, tudo sente,
e eis que marcante ali, UM NOVO DIA.
Udo
Enviado por Udo em 31/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários