Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO DO CORPO EM RETALHOS

Antes da Cruz, as dores por flagelos
dormiam pelo corpo deslizante,
por todo e imenso horror paralisante,
que o bruto despelar mostrou farelos. 

A coroa gritava causticante,
traços no corpo, tais finos rastelos,
mostravam veias feitas por cutelos
presos em cada açoite deformante.

E bastava Ele um gesto curadouro,
para que em um segundo desfizesse
aquelas chagas tantas mais o agouro.

Mas não, manteve aquele morredouro,
como prova de amor na Cruz houvesse
a Graça tal vindouro Alto Tesouro.
Udo
Enviado por Udo em 21/03/2018
Alterado em 22/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários