Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO AO REI D. PELAGIUS DAS ASTÚRIAS

D. Pelagius, maior rei das Astúrias,
embrião da cristã luta e divícia,
desde Jerusalém, núncio à milícia,
susta mouros além de suas fúrias.

Soube juntar da origem tão patrícia
dos seus, cristãos, mui fartos por injúrias,
como os grandes soldados das centúrias,
e fez sobrepujar Luz vitalícia.

E desde lá nascera a reconquista,
pois só do Alto esta força nos comanda
e demonstra a divisa em nós tão quista.

E assim, pois, tendo em vista a coisa amanda
Por Pelagius e os seus que a Cruz assista
sempre os que nEle por Luz veneranda.
Udo
Enviado por Udo em 17/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários