Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO DO INTERMITENTE ACHAMENTO
                                 
 a minha companheira
Neste amor tão supino e com legenda,
pelas fontes da história nossa - este ouro!
Sabemos o propósito vindouro,
que vai montando a nossa doce Lenda.

Mas é pelo caminho a corrigenda,
que fortalece, sim, nosso tesouro.
Sem deixar o amor pelo sumidouro,
p'ra que não seja dura a reprimenda.

E descobrir o amor na ação durante
e avante no minuto, tal presente,
e ser dia após dia seu amante.

Vivendo este achamento intermitente,
e sendo novo em cada alto levante, 
conservando um viver celso e iminente.
Udo
Enviado por Udo em 21/10/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://udo.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários