Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO CATA JOIAS

Entre acordes fortíssimos não negam,
despontando nos cantos, esplendor;
e na luta co' o ritmo, sua flor;
escolher as certezas que não cegam.

Caminhar com pecado e sem a cor
das verdades que os doutos nos legaram;
é pisar p'ra matar cousas que amaram
os de tão boa mente e tanto amor.

Viver é caminhar co' o cata joias,
enchendo-o de riquezas destes sábios,
que nos mudam em forte metanoia.

E vencemos qualquer dor, paranoias,
nos beijos, nas palavras, desde os lábios,
p'ra nunca desistir de Eneida e Troia.
Udo
Enviado por Udo em 26/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://www.udo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários