Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


SONETO DAS LETRAS, DO CANTO E DA GRAÇA

Com estas formas junto o que é um canto
e nelas vão também o que é formoso:
um colar de palavras valioso,
que carrego comigo em cada canto.

Na ânsia de ser maior do que o espanto,
e perseguindo o amém, ó portentoso,
num ato deste Céu todo moroso,
para o que é, seja sempre, muito e tanto.

Ora por nós, Mater Dei, toda Graça,
pois é de Ti falando que isto expande
e perdão pelos atos e pirraça.

Toda, que desde o Céu, verdade mande.
Toda, o Fruto do ventre, e luz se faça.
Toda, que só por Graça, sempre GRANDE.

 
Udo
Enviado por Udo em 30/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://www.udo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários