Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


DESFAZENDO-SE...

O dono do coração
é sempre um montão de gente,
que conhece a tentação
e já sabe o que se sente.

O dono do coração,
nem posso falar: sou eu!
achava minha a emoção
agora alguém a vendeu.

As minhas mãos estão livres
mas o peito está algemado,
por isso, mãos quase firmes,
pelo "EU" todo desmembrado.

Tem gente que sabe tudo,
até onde mora a paixão.
Será que sei falar do Udo
ou perdi a própria noção?

E eis que me havia esquecido
do quanto sabem da gente,
antes mesmo de ter sido
para algo qualquer semente.

O dono do coração
veio lutar sem espada,
virou agora um anão,
como alcançar sua amada?

O dono do coração
está agora bem perdido,
sem saber da sua ação
p'ra ter de volta o vendido.

 
Udo
Enviado por Udo em 17/05/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Udo - http://www.udo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários