Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

A ETERNA BREVIDADE
Hoje eu vi uma mulher passando mal,
De um jeito triste e muito desigual.
Tremia... De uma forma inconsciente
E todos tentavam algo fazer.
Em choque estava toda aquela mente,
Fugia a sensação de ser eterno.
E vi nossa natural brevidade.

Mas queria dar-lhe a eternidade.

Udo
Enviado por Udo em 15/10/2010
Alterado em 23/03/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Marcelo Udo - http://www.udo.recantodasletras,com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários