Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

A NEBLINA
Os meios existentes são leais aos seus criadores
Mas não podem ser mais do que a própria definição.
As lanternas ajudam mesmo onde a neblina paira forte
Mas a extensão dela é que assusta os legionários.

A escolha poderia ser levar alguns à loucura dentro dessa neblina.
Mas, dessa maneira, a alma seria uma neblina negra imperdoável para Deus.
A escolha foi conduzir as legiões para fora da neblina
Como uma fenda humana criada para a libertação.
Para tal, alguns legionários velozes e astuciosos,
Conhecedores das artimanhas das neblinas,
Guiaram as legiões com a trombeta na mão
Até que a neblina se vá...
Udo
Enviado por Udo em 14/04/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Marcelo Udo - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/udo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários