Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

CAMPOS DA SAUDADE
Por mais que eu pudesse ser tudo o que naturalmente tenho sido
Não há como evitar a busca inconsciente por aquele que fui
Para tecer o significado mais forte do que realmente sou.

E assim se de repente você se pegar mais longe
Onde os passos não podem mais ser dados
É que lá é o tempo que já foi nos campos da saudade.

E se mesmo assim você perceber no mais distante,
Entretanto, fora das cenas de algo já vivido.
Então, você se encontra nos campos da saudade do futuro.

Nos campos da saudade, lá no futuro,
A imaginação põe ação na imagem
E você escuta tudo aquilo que você criar.
Sentir é algo que vem de dentro e pega forte.

São campos férteis que esperam suas sementes.
Sementes de imaginação, esperança, desapego e propósito.
Plantando-as lá necessita dia-a-dia de água do amor,
Que é aquecer essa semente sonhando com ela grande aqui no presente.

Por mais que eu pudesse ser tudo o que naturalmente tenho sido,
Já sou um viajante da busca consciente
Por aquele que já sou em algum tempo-espaço,
Para tecer o significado mais forte do que realmente sou.

"Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á."
Udo
Enviado por Udo em 10/08/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Marcelo Udo - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/udo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários