Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

PELO AMOR A DEUS
Pelo amor a Deus
Busquei-o até perdê-lo entre as mãos.
Quis ser seu instrumento de paz,
Mas vendo-o como o senhor da glória e da punição.

Pelo amor a Deus
Fiz minha canção ritmada pelo caminho
E as melodias ornadas pelo desejo
E mesmo assim perdi o Deus do homem
E até mesmo o homem de Deus.

Pelo amor a Deus
Resolvi negá-lo e pela purificação,
O cosmo deitou a vibração do mundo
Sobre o faro e perfume da vida:
"E o verbo se fez carne".

Antes mesmo de desacreditar
No Deus de toda minha história,
Estendi minha mão para o Deus de minha vida.
O Deus simples que está nos detalhes.
O Deus simples que está acima da fúria e da bondade,
Acima do possível, verossímil, provável e certo.

Dessa forma, encontrei Deus,
Presente como extensão de todas as coisas,
E simples como o perceber do belo.
Solto na natureza como um espelho vivo,
Que hipnotiza minha alma, dizendo:
Venha... Toque fundo na extensão daquilo que é...
Sem medo, desejo, ou qualquer sentimento,
Sinta o mundo se formar em você,
Sinta de perto o que é ser Deus.
Mas não vá agora.
Profundamente liberte tudo aquilo que pensava que eu era.
Como um pássaro, deixe-o voar.
Mesmo que parta junto,
Parta isso tudo que Deus não é
E veja o todo como Deus único.
Udo
Enviado por Udo em 31/07/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Marcelo Udo - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/udo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários