Passear com Palavras em Passos de Poesias
Um dia, de repente, comecei a recitar versos conforme caminhava e aquilo acalmou minha alma.
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Matéria de Deus
                                       Mia dolce signorina Gorete

É no breve que me vejo sempre próximo de ti
E é no sempre que te beijo e tão eterno no breve te percebo
Tão assim perto como a mesma pele que decora o mesmo amor.

É no suspiro brevessempre que consigo perceber a rota do destino
E se ele existe único e indivisível buscarei o meu junto ao teu
Até que ele simplesmente se revele.

E é assim que n'alma eterna de mim te peço o aliançar das nossas almas
Para o abençoar que transborda pelo universo
Como matéria serena e poderosa de Deus.
Udo
Enviado por Udo em 06/06/2008
Alterado em 06/06/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Marcelo Udo - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/udo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários